domingo, 12 de março de 2017

A GENTE SE FODE BEM PRA CARAMBA...


O compositor Kiko Dinucci apresenta o novo álbum com o que há de melhor no punk rock vanguardista paulistano.


O novo disco de Kiko Dinucci é uma opereta de ruídos, que se revela como uma crônica urbana de melodias e harmonias herméticas. 'Cortes Curtos' é um petardo impossível de ser analisado pelo formato tradicional de canção e tal. Pois ele funciona como uma peça cinematográfica.

A viagem começa com 'No escuro' – canção de Kiko em parceria com Wandi Doratiotto – com a participação dos vocais de Juçara Marçal, Ná Ozzetti e Tulipa Ruiz. 'Desmonto sua cabeça' e 'Fear of pop' formam uma suíte pesada que precede a bela 'Chorei', de novo com a voz sublime de Juçara Marçal – na canção de Beto Villares.

'Terra de um beijo só' é uma ode a São Paulo, cidade onde o encontro causal é quase impossível – canção de Kiko em parceria com Anna Zepa. Nesta fase crônicas paulistanas, Kiko ainda apresenta um recorte de uma briga cotidiana em 'Uma hora da manhã'.

'Seus olhos' é um hard rock pesadão com baixo marcante de Marcelo Cabral e viradas de batera espetaculares de Sergito Machado – canção composta por Kiko em parceria com Sinhá. 'O inferno tem sede' tem vocais de Tulipa Ruiz e tem uma levada reggae tradicional, que faz ferver qualquer baladinha.

'Morena do Facebook' é uma balada eletro-space-brega-xicletinha que podia muito bem ser tema de novela. Toda essa leveza some em 'Quem te come', com Suzana Salles nos vocais. 'Inferno particular' tem vocais de Ná Ozzetti e é um skazinho russo, que podia facilmente animar noites de algum inferninho.

Apesar do nome, o 'Chorinho' entorta tudo mais uma vez. 'Vazio da morte' volta à crônica urbana com um relato de um suicida frustrado pela burocracia. A tensa 'Crack de ninar' não dá trégua e revela uma cidade suja e imperfeita. 'A gente se fode bem pra caramba' encerra o álbum de forma alegre e bem humorada.

Apesar de ser um disco em arquivo único – onde se deve ouvir do início ao fim – Kiko Dinucci fez um álbum de belas canções, que devem fazer parte de qualquer seleção das melhores canções do ano.

Kiko Dinucci 2017 Cortes Curtos

1. No escuro
2. Desmonto sua cabeça
3. Fear of pop
4. Chorei
5. Terra de um beijo só
6. Uma hora da manhã
7. Seus olhos
8. O inferno tem sede
9. Morena do Facebook
10. Quem te come
11. Inferno particular
12. Chorinho
13. Vazio da morte
14. Crack de ninar
15. A gente se fode bem pra caramba


*Arquivo único em mp3 – com todas as faixas no mesmo arquivo....

Um comentário:

Laureca disse...

puxa para ajudar nessa vaquinha tinha que arrumar aquele disco do De Veras que você insistia que não existe e que tem até nome "De boa". E capa igual o Diamond Dogs do Bowie.
Cade?